5 dicas para fazer uma excelente dissertação argumentativa

Papel em branco com mão direita escrevendo à caneta preta. Papel já preenchido

Hoje convidei a profa. Danusa, do ConcurseiroPreparado, para escrever sobre o tema de redação para concursos públicos. Você já deve ter notado como a redação tem um impacto enorme na nota final e classificação dos concursos mais concorridos, por isso a importância chamar uma expert no assunto para falar mais sobre isso e ajudar melhor nos seus estudos!

Separei também um pequeno presente neste artigo, então leia-o até o fim para saber tudo!

O gênero textual mais solicitado pelas provas de redação de concurso público é a dissertação argumentativa. Por isso, apresento hoje 5 dicas para que você faça uma excelente dissertação.

Após ler o artigo, não deixe de assistir à [ninja-popup ID=3978]aula grátis de Redação para Concursos[/ninja-popup] para aprender macetes que vão aumentar sua nota de redação em até 60%.

1- Elabore uma introdução com a contextualização do tema e a tese

A dissertação argumentativa, como o próprio nome diz, pede que o autor do texto argumente sobre um determinado assunto, defendendo um ponto de vista sobre ele. Assim, para desenvolver uma boa dissertação argumentativa você deve, na introdução da redação, apresentar uma tese, ou seja, uma proposição para debater o tema que será defendida ao longo do desenvolvimento.

Mas antes de apresentar a tese, você deve contextualizar o leitor sobre o tema de maneira breve.

2- Apresente ideias que se relacionem com a tese e as desenvolva de maneira consistente

De nada adianta elaborar uma boa tese se, no desenvolvimento, você apresentar argumentos que não se relacionam a ela, ou seja, que não são capazes de explicá-la ou defendê-la.

Outro problema é apresentar argumentos que estão relacionados à tese, mas que têm pouca sustentação, que não podem ser comprovados ou que podem ser refutados facilmente. Para desenvolver bem as ideias e argumentos, procure explorar as relações de causa e consequência, o contexto histórico do problema e suas implicações no presente, os fatos que possam servir de exemplo, etc.

Leia este artigo: Como escrever argumentos fortes e melhore ainda mais suas redações!

3- Elabore uma conclusão que resuma as ideias apresentadas na argumentação

Para finalizar bem o seu texto, você deve retomar as ideias que discutiu no desenvolvimento, mas de forma sucinta, mostrando claramente o seu ponto de vista sobre o tema.

É muito importante que a conclusão esteja conectada com as outras partes do texto. Evite neste momento expressões e frases clichês, como “é preciso conscientizar as pessoas sobre o problema”. Você até pode usar esse tipo de frase, mas precisa desenvolvê-la um pouco mais, mostrando, por exemplo, como essa conscientização poderia ser realizada e qual seria o seu impacto.

Leia este artigo: Como encerrar o texto expositivo ou dissertativo para aprender como escrever conclusões melhores.

4- Releia o texto levando em conta a proposta e pense: será que eu fiz a proposta corretamente?

É fundamental reler todo texto que você escreve, pois a releitura permite que você perceba as falhas cometidas e as corrija, evitando, assim, problemas para a sua nota.

Nesse momento, é importante observar não apenas os erros gramaticais, como também a adequação da sua redação ao tema e ao gênero. É muito comum que dissertações argumentativas sejam anuladas em gênero por trazerem ao final a marca “eu acho/penso que”, o que pode ser, muitas vezes, apenas um deslize que poderia ser evitado com a releitura.

No processo de estudo e preparo para a prova, reler a redação permite que você veja seu texto criticamente e perceba que aspectos você pode melhorar, que outras ideias poderia abordar, etc.

5- Dê a redação para outra pessoa ler, e o melhor é que seja um especialista da área

Durante a sua preparação para a prova de redação, é muito importante que você mostre seus textos a outras pessoas, principalmente para um profissional da área.

Quando escrevemos um texto, ficamos muito envolvidos com ele e, como nós sabemos as ideias que mobilizamos para redigi-lo, dificilmente teremos problemas em compreendê-lo. Por isso é importante que outra pessoa leia o seu texto, pois, se ele tiver problemas, ela irá percebê-los e poderá apontá-los a você, o que contribuirá muito para o desenvolvimento da sua escrita.

Dessa forma, é fundamental que você possa interagir com um especialista da área, especialmente se tiver muitas dificuldades em redação, pois isso o ajudará a progredir no seu aprendizado.

Seguindo essas dicas básicas, você terá um grande progresso nos seus estudos e garantirá uma boa nota na redação. Mas não deixe de seguir o próximo passo:

Continue melhorando suas redações! Assista à [ninja-popup ID=3978]aula grátis de Redação para Concursos[/ninja-popup] e melhore ainda mais a sua escrita.

André Augusto Gazola é formado em Letras, professor de Literatura e História da Arte, pós-graduado em Metodologia de Ensino de Língua Portuguesa e Literatura e fundador do blog Lendo.org.

Comente!

Especialista em Memorização Revela:

4 ERROS GRAVES

que os estudantes cometem ao preparar-se para provas.
ASSISTIR AO VÍDEO
Rápido! O este vídeo exclusivo está para sair do ar.
Supere-se em 2017!
Aprenda Escrever Melhor
Receba as melhores dicas e macetes de escrita
diretamente na sua caixa de e-mail.
Sim, quero receber
Não, nunca cometo erros de escrita.

Conteúdo Protegido!

Cadastre seu e-mail abaixo para desbloquear
os modelos de resenha exclusivos.
(você os receberá em sua caixa de email)
Baixar Modelos