Paper para a Uniasselvi: aprenda fazer o seu hoje

Paper para a Uniasselvi: aprenda fazer o seu hoje


Paper é um estudo que tem seu próprio formato gráfico. Hoje em dia, esse tipo de trabalho acadêmico tem sido muito solicitado em cursos à distância, como os da faculdade Uniasselvi e outras.

Aqui neste artigo você vai aprender tudo que precisa para escrever um ótimo paper e ser aprovado com boas notas.

Se você não quer todo esse trabalho. Clique aqui para obter o orçamento de um paper pronto.

Embora seja semelhante à estrutura do artigo científico, ele é relativamente mais simples, ainda que com um caráter analítico do que está sendo estudado.

É comum que haja dúvida quanto à elaboração desse modelo de trabalho, já que se deve levar em consideração os aspectos formais, gramaticais, assim como a clareza do que está em pauta.

De maneira geral, o tamanho do paper irá depender da complexidade e extensão da pesquisa em si. Normalmente são aceitos papers de 6 a 12 páginas.

Os elementos que devem compor o seu trabalho são, respectivamente:

  • cabeçalho da universidade;
  • resumo; palavras-chave;
  • introdução;
  • desenvolvimento (corpus);
  • considerações finais
  • referências.

Como você pôde perceber, em termos de estruturação, é bastante semelhante aos artigos científicos. No entanto, estes, por sua vez, atribuem especial atenção e detalhamento quanto à revisão de literatura, à metodologia, à abordagem etc.

Formatação da Página

Formatação da página no Paper da Uniasselvi - Word

Além da estruturação do trabalho, assim como nos artigos científicos, deve-se atribuir um especial cuidado à formatação da página.

Isso é necessário, pois os padrões do Word ou de outros editores de texto, em sua grande maioria, não vêm ajustados à formatação acadêmica.

Sendo assim, o seu paper deverá ser formatado da seguinte maneira:

  • Fonte: Times New Roman – tamanho 12 para o corpo do texto. Para citações longas, notas de rodapé e legendas o tamanho deve ser 2 pontos inferior, ou seja, tamanho 10;
  • Espaçamento de linha: 1,5. Para citações longas, cabeçalho, notas de rodapé, ilustrações, legendas e referências o espaçamento deve ser simples, ou seja, 1,0.
  • Tamanho do papel utilizado: A4;
  • Margens: todas devem ser configuradas em 2cm, direita, esquerda, superior e inferior (note que é diferente à norma da ABNT);
  • Alinhamento: justificado em todo o artigo, com exceção do cabeçalho, que deve ser centralizado;
  • Numeração de página: sempre no canto inferior direito. Atenção: A primeira página, onde consta o cabeçalho, resumo e introdução é contada, mas não recebe numeração. Sendo assim, a paginação começa a partir da segunda página, direto no número 2.

Formatação do Cabeçalho

O cabeçalho compõe a primeira parte gráfica do paper. Nele, deve constar a identificação do aluno, do professor, da universidade, do curso, da disciplina e, por fim, a data.

Sendo assim, a configuração e formatação do cabeçalho deve ser feita de acordo com os pontos elencados abaixo:

  • Título: Nesse campo você deverá inserir o título da sua pesquisa. É comum que a própria universidade apresente o título que você ou seu grupo deverá utilizar. No entanto, se a escolha for livre, é importante que ele seja claro e objetivo, uma vez que é o primeiro contato que seu professor e que o leitor, de maneira geral, terá com seu trabalho. É importante, ainda, criar titulações que não despertem ambiguidade, pois, cientificamente, é preciso ser o mais claro possível. Quanto à formatação, ele deve ser redigido em fonte Times New Roman, tamanho 20, centralizado, em negrito, de forma que todas as letras estejam em negrito.
  • Subtítulo: Assim como nos artigos acadêmicos convencionais, nem todos os trabalhos apresentam subtítulos. Dessa maneira, é opcional fazer uso desse recurso. Caso você ache pertinente, ele deverá ser redigido sob a mesma fonte, com tamanho 16, em negrito, com letras maiúsculas e minúsculas.
  • Nome do autor: Aqui, você deverá inserir seu nome completo, por extenso, 2 linhas abaixo do subtítulo, se houver, ou do título, se não houver subtítulo. Se houver mais de um autor, então os nomes devem ser redigidos em ordem alfabética. A formatação do nome dos autores deve ser em tamanho 12, centralizado, com a primeira letra dos nomes e sobrenomes em maiúscula e o restante em minúscula.
  • Nome do professor/tutor: Neste campo, valem as mesmas regras apresentadas acima. Abaixo do nome do autor, adicione, sob o mesmo padrão de formatação, o nome do seu professor/tutor.
  • Instituição – curso – disciplina: Logo abaixo do item mencionado acima, você deve inserir, nessa ordem, o nome da instituição, do curso ou habilitação e da disciplina à qual você está apresentando sua pesquisa. Não se deve deixar nenhuma linha em branco entre a autora e esse campo. Sendo assim, devem compor essa parte as palavras: Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI. Em seguida, basta pular uma linha, especificar o nome do curso e o seu respectivo código entre parênteses. Após essa sequência, adicione um hífen e acrescente o nome da disciplina e número de turma. A formatação deve permanecer centralizada, sem utilizar negrito, com tamanho 12, sempre com a mesma fonte.

Formatação dos títulos

Deve-se atribuir especial atenção aos títulos das seções do seu trabalho, pois eles garantem a divisão e, portanto, uma melhor compreensão acerca de sua pesquisa.

Em termos técnicos, todos os títulos e subtítulos devem ser redigidos em letras maiúsculas e alinhados à esquerda.

Inicia-se a numeração a partir da introdução e finaliza-se nas considerações finais.

É importante ressaltar que não se deve utilizar ponto para separar a numeração do título.

Sendo assim, a estrutura do seu paper, quanto aos títulos, deverá ficar algo como:

1 INTRODUÇÃO
2 LITERATURA NO BRASIL
2.1 A IMPORTÂNCIA DA LITERATURA BRASILEIRA EM SALA DE AULA
3 LUDICIDADE NA LITERATURA INFANTO-JUVENIL
4 CONSIDERAÇÕES FINAIS
5 REFERÊNCIAS

É importante ressaltar que o corpus do artigo, ou seja, o seu desenvolvimento, deve ser feito de forma clara, objetiva e sem ambiguidades.

Para garantir credibilidade ao que está sendo apresentado, sempre aponte as referências às quais você recorreu para subsidiar a pesquisa.

Além disso, números, gráficos, tabelas e estatísticas devem ser apresentadas embasadas em pesquisas reais, feitas por você ou por outros estudos e/ou agências de pesquisa. Nunca deixe de referenciá-los.

Por fim, as referências devem ser redigidas da seguinte forma:

SOBRENOME, Nome. Obra em negrito. Local. Editora. Ano.

Desenvolvimento da Pesquisa

Fazendo a pesquisa para paper da Uniasselvi

Nortear a pesquisa pode ser uma parte bastante complicada se você não desenvolveu adequadamente a introdução.

Para isso, é fundamental que você, durante a introdução, apresente o objeto do seu estudo, ou seja, sobre o que você irá falar.

Um erro comum entre os iniciantes no mundo acadêmico é querer tratar de assuntos muito abrangentes. Quando se trata de pesquisa científico-acadêmica, é essencial que o assunto seja afunilado para que possa ser contemplado adequadamente.

Ainda na introdução, é preciso apontar a justificativa, ou seja, por que você acha que sua pesquisa é relevante no cenário atual.

Em seguida, levantar o objetivo geral e os objetivos específicos o ajudarão a chegar ao cerne da questão e explorá-lo adequadamente.

Durante o desenvolvimento, você precisa elencar um problema de pesquisa, que diz respeito à problematização do que você está estudando e, em seguida, inferir hipóteses sobre o fenômeno.

Atente-se à metodologia utilizada. Toda pesquisa precisa ter uma abordagem científica, seja qualitativa ou quantitativa, para que seja válida.

A abordagem pode ser de cunho descritivo, explicativa ou exploratória.

Com base na revisão de literatura, ou seja, de matérias que já se debruçaram sobre o tema ou sobre parte dele, você poderá comprovar ou refutar as hipóteses.

Apoiando-se no referencial teórico, você deverá mostrar os resultados obtidos.

Por fim, a conclusão deve ser feita retomando o que foi levantado de forma concisa e apresentando possíveis soluções para a problemática abordada.

André Gazola

André Augusto Gazola é avaliador oficial de redações do ENEM, formado em Letras, professor especialista em escrita e redação para ENEM, vestibulares e concursos públicos, além de pós-graduado em Metodologia de Ensino de Língua Portuguesa e Literatura.

Recent Posts

BAIXE SEU E-BOOK GRÁTIS!

Os 10 Erros que eu VOU encontrar na sua Redação do ENEM
Aprenda com um avaliador oficial do ENEM quais são os erros mais comuns nas redações (e como corrigi-los).
BAIXAR JÁ
Escrito pelo prof. André Gazola, avaliador oficial de redações ENEM.