Como citar o Google em referência bibliográfica?

Citar o Google nas referências?

Você não deve citar o Google em uma referência bibliográfica!

É isso mesmo. Você deve citar o site que você acessou a partir dos resultados de pesquisa do Google. Continue lendo para aprender a fazer citações de documentos digitais (sites, blogs, arquivos pdf, etc.)

Com a expansão do acesso à internet, a forma de fazer pesquisas mudou. Antes, era preciso ir até uma biblioteca e procurar em livros gigantescos como Enciclopédias e Almanaques para então utilizar aquela informação em um trabalho escolar ou acadêmico.

Hoje, nós acessamos um mecanismo de pesquisa, dentre os quais o mais utilizado é o Google. Porém, isso tem gerado muita confução em relação às referências bibliográficas.

O problema das referências

Quando fazemos uma pesquisa na internet utilizando um buscador, devemos considerar que aquela página com uma lista de sites não passa disso — uma lista de sites. A partir dela é que escolheremos uma fonte pertinente e que consideramos confiável para nossa pesquisa.

Quando você faz uma busca, sites como o Google possuem mecanismos que selecionam o que eles consideram os melhores resultados para aquele termo que você digitou, baseando-se, entre diversos elementos, no seu próprio histórico de pesquisas e interesses.

A partir disso, os resultados lhes são mostrados em ordem de relevância, ou seja, o primeiro site da lista é o considerado “melhor” em relação àquele termo de pesquisa utilizado por você.

Assim que você visualizar os resultados, decidirá em qual link clicar, baseando-se no título exibido e em sua descrição, se ele realmente possui a relevância desejada para sua pesquisa.

Resultados de Pesquisa no Google, por ordem de relevância

Pesquisa do Google por “Literatura” e resultados em ordem de relevância.

Quando você escrever seu trabalho final, a partir de diversas outras referências — livros, revistas, artigos científicos, etc. — deverá citar aquele site específico escolhido por você, e não a lista de sugestões que o Google forneceu-lhe.

Criando referências para sites, blogs e Wikipedia

Certo, você entendeu que deve fazer a referência ao site específico em que pesquisou. Agora vamos em frente.

Basicamente, o que diferencia a referência a um meio digital (em formato ABNT) das demais, é que devemos especificar o link em que o conteúdo pode ser encontrado e a data do nosso último acesso à página em questão.

O formato correto dessa informação adicional é assim:

Disponível em: <http://www.lendo.org/citar-google-referencia-bibliografica/>. Acesso em 14 fev. 2013.

Portanto, caso você desejasse citar este artigo que você está lendo em um trabalho acadêmico conforme das normas da ABNT, ele ficaria assim:

GAZOLA, André Augusto. Como citar o Google em referência bibliográfica?. Disponível em: <http://www.lendo.org/citar-google-referencia-bibliografica/>. Acesso em 14 fev. 2013.

A Wikipedia, a maior enciclopédia colaborativa do mundo, tem se tornado uma fonte de pesquisa muito usada, principalmente em trabalhos escolares. Apesar de ser muito importante ressaltar o cuidado que devemos ter com um conteúdo passível de modificações por qualquer um, não podemos desprezar sua força.

Para citar um artigo da Wikipedia, é muito importante que usemos um recurso fornecido pelo próprio site, que é o Citar esta página. Veja na imagem:

Citar esta página, ferramenta da Wikipedia

Ferramenta da Wikipedia ajuda a fazer citações de cada artigo.

Em qualquer artigo que acessar na Wikipedia, você encontrará este link mostrado acima, que o enviará para uma página em que você só precisa copiar e colar o modelo que desejar (normalmente, o estilo ABNT).

É importante que você utilize exatamente como aparece, pois neste modelo há a referência à versão exata do artigo que você consultou — como sabemos, o conteúdo da Wikipedia pode ser alterado a qualquer momento, porém eles armazenam todas as versões que uma página teve ao longo do tempo.

Pesquisas mais transparentes

A pesquisa sempre fez parte das culturas humanas. Evoluímos pois descobrimos o fogo, a roda, a agricultura formas de utilizar tudo isso para nossa sobrevivência.

A pesquisa acadêmica, hoje, toma rumos avançadíssimos, principalmente com os novos conceitos de conteúdo colaborativo que a internet proporciona. Apesar disso, é importante que continuemos citando e referenciando aqueles que merecem crédito por suas ideias, ainda que elas estejam em um meio virtual.

Hoje você aprendeu que não devemos citar o Google em referências bibliográficas, mas sim utilizar o modelo certo para referenciar o site no qual pesquisamos.

André Augusto Gazola é formado em Letras, professor de Literatura e História da Arte, pós-graduando em Metodologia de Ensino de Língua Portuguesa e Literatura e fundador do blog Lendo.org. É casado e mora em Bento Gonçalves-RS.

Deixe seu comentário!