102 filmes para amantes de literatura brasileira

Cinema e Literatura são uma paixão muito comum.

Já publiquei aqui algumas listas interessantes de livros baseados em filmes, mas nunca nenhuma lista extensiva de filmes para amantes da literatura brasileira.

Eis, então, que a lista é um prato cheio para os cinéfilos e bibliófilos de plantão!

  1. A Cartomante (2004) (baseado no conto de Machado de Assis)
  2. A Causa Secreta (1994) (adaptação do conto homônimo de Machado de Assis)
  3. A Dama da Lotação (1978) (da peça de Nelson Rodrigues)
  4. A Estrela Sobe (1974) (do livro homônimo de Marques Rebelo)
  5. A Falecida (1965) (baseado na peça de Nelson Rodrigues)
  6. A Hora da Estrela (1985) (do livro de Clarice Lispector)
  7. A Hora e a Vez de Augusto Matraga (1965) (bas. na obra de João Guimarães Rosa)
  8. A Madona de Cedro (1968) (baseado no livro de Antônio Callado)
  9. A Máquina (baseado no livro homônimo de Adriana Falcão)
  10. A Marvada Carne (1985) (da obra de Carlos Alberto Sofredini)
  11. A Moreninha (1971) (da obra de Joaquim Manuel de Macedo)
  12. A Terceira margem do rio (1997) (baseado no livro “Primeiras Estórias”, de João Guimarães Rosa)
  13. A Vida dos Capitães de Areia (inspirado no livro “Capitães de Areia”, de Jorge Amado)
  14. Agosto (1993) (da obra de Rubem Fonseca)
  15. Ana Terra (1972) (da obra de Érico Veríssimo)
  16. As Confissões de Frei Abóbora (1971) (da obra de José Mauro de Vasconcelos)
  17. As Meninas (1995) (da obra de Lygia Fagundes Telles)
  18. As Três Marias (da obra de Rachel de Queiroz)

  1. Azyllo muito Louco (1970) (adaptação livre do conto “O Alienista” de Machado de Assis)
  2. Boca de Ouro (1962) (baseado na peça de Nelson Rodrigues)
  3. Bonitinha mas Ordinária (1981) (da peça de Nelson Rodrigues)
  4. Brás Cubas (1985) (do livro de Machado de Assis)
  5. Capitu (1968) (da personagem do livro “Dom Casmurro”; de Machado de Assis)
  6. Caramuru – a invenção do Brasil (2001) (do livro do Frei Santa Rita Durão)
  7. Cristo de Lama (1968) (do livro homônimo de João Felício dos Santos. Vida e obra de Aleijadinho, escultor barroco)
  8. Dom (2003) (inspirado em “Dom Casmurro”, de Machado de Assis )
  9. Dona Flor e seus Dois Maridos (1976) (do livro de Jorge Amado)
  10. Engraçadinha (1981) (da obra de Nelson Rodrigues)
  11. Enigma para Demônios (1974) (baseado no conto “Flor, telefone, moça”; de Carlos Drummond de Andrade)
  12. Estrela Nua (1985) (baseado num conto de Clarice Lispector)
  13. Faca de Dois gumes (1989) (baseado num conto de Fernando Sabino)
  14. Feliz Ano Velho (1987) (do livro de Marcelo Rubens Paiva)
  15. Fogo Morto (1976) (bas. no livro de José Lins do Rego)
  16. Gabriela (1983) (do livro de Jorge Amado)
  17. Grande Sertão: Veredas (1964) (da obra de João Guimarães Rosa)
  18. Guerra de Canudos (1997) (com José Wilker) (inspirado na obra Os Sertões de Euclides da Cunha)
  19. Incidente em Antares (1994) (bas. obra de Érico Veríssimo)
  20. Inocência (1983) (do livro de Visconde de Taunay)
  21. Iracema, a Virgem dos lábios de mel (1979) (do livro de José de Alencar)
  22. Jorge, um Brasileiro (1989) (bas. no romance de Oswaldo França Jr.)
  23. Jubiabá (1983) (do livro de Jorge Amado)
  24. Kuarup (1988) (bas. no romance “Quarup” de Antônio Callado)
  25. Lavoura Arcaica (2001) (do livro de Raduan Nassar)
  26. Lição de Amor (1976) (bas. na obra “Amar, Verbo Intransitivo”, de Mário de Andrade)
  27. Lisbela e o Prisioneiro (2003) (da obra de Osman Lins)
  28. Lucíola, o Anjo pecador (1975) (do livro “Lucíola”, de José de Alencar)
  29. Luzia Homem (1984) (trechos do livro de Domingos Olímpio)
  30. Macunaíma (1969) (do livro de Mário de Andrade)
  31. Memorial de Maria Moura (1994) (do livro de Rachel de Queirós)
  32. Memórias do Cárcere (partes I e II) (1984) (do livro de Graciliano Ramos)
  33. Memórias Póstumas (2001) (da obra de Machado de Assis)
  34. Menino de Engenho (bas. no livro de José Lins do Rego)
  35. Meu Tio Matou um Cara (2005) (do livro de Jorge Furtado)
  36. Morte e Vida Severina e Quincas Berro DÁgua (1977) (sobre o poema de João Cabral de Melo Neto e o livro “A Morte e a morte de Quincas Berro Dágua”, de Jorge Amado)
  37. Navalha na Carne (1997) (da obra de Plínio Marcos)
  38. Noites do Sertão (1984) (da obra de João Guimarães Rosa)
  39. O Auto da Compadecida (2000) (da obra de Ariano Suassuna)
  40. O Beijo no Asfalto (1980) (da obra de Nelson Rodrigues)
  41. O Boca do Inferno (1974) (sobre o poeta baiano Gregório de Matos)
  42. O Bom Burguês (1982) (da obra de Oswaldo Caldeira)
  43. O Caçador de Esmeralda (1979) (sobre o poema de Olavo Bilac. História de Fernão Dias)
  44. O Casamento (1975) (apresentação Arnaldo Jabor. Baseado no romance de Nelson Rodrigues)
  45. O Corpo (2001) (bas. no conto de Clarice Lispector)
  46. O Cortiço (1978) (do livro de Aluísio Azevedo)
  47. O Grande Mentecapto (1989) (bas. no livro de Fernando Sabino)
  48. O Guarani (1996) (do livro de José de Alencar)
  49. O Homem Nú (1997) (da obra de Fernando Sabino)
  50. O Menino e o Vento (1966) (baseado no conto “O Iniciado do Vento”, de Aníbal Machado)
  51. O Meu Pé de Laranja Lima (1970) (da obra de José Mauro de Vasconcelos)
  52. O Pagador de Promessas (1962) (da obra de Dias Gomes)
  53. O Saci (1953) (baseado na obra de Monteiro Lobato “Pica-Pau Amarelo”)
  54. O Seminarista (1977) (da obra de Bernardo Guimarães)
  55. O Sobrado (1956) (bas. na obra de Érico Veríssimo)
  56. O Tempo e o Vento (1985) (da obra de Érico Veríssimo)
  57. O Vestido (2003) (bas. no poema “O caso do vestido”, de Carlos Drummond de Andrade)
  58. O Xangô de Baker Street (2001) (do livro de Jô Soares)
  59. Orfeu (1999) (bas. na peça “Orfeu da Conceição”, de Vinícius de Moraes)
  60. Orfeu Negro (1959) (obra-prima de Marcel Camus; versão da peça “Orfeu da Conceição”, de Vinícius de Moraes)
  61. Outras Estórias (1999) (da obra de João Guimarães Rosa)
  62. Para Viver um Grande Amor (1984) (Inspirado no célebre musical “Pobre Menina Rica” , de Vinícius de Moraes; com Patrícia Pillar e Djavan)
  63. Pastores da Noite (2003) (da obra de Jorge Amado)
  64. Perdoa-me por me Traíres (1980) (da peça de Nelson Rodrigues)
  65. Policarpo Quaresma, herói do Brasil (1998) (da obra de Lima Barreto)
  66. Quanto Vale ou é Por Quilo? (2005) (livre adaptação do conto “Pai Contra Mãe”; de Machado de Assis)
  67. Quincas Borba (1986) (do livro de Machado de Assis)
  68. Sagarana – O Duelo (1973) (da obra de João Guimarães Rosa)
  69. São Bernardo (1971) (do livro de Graciliano Ramos)
  70. Sargento Getúlio (1983) (da obra de João Ubaldo Ribeiro)
  71. Senhora (1976) (do livro de José de Alencar)
  72. Sinhá Moça (1952) (baseado no romance de Maria Dezonne Pacheco Fernandes)
  73. Soledade (1976) (da obra “A Bagaceira”, de José Américo de Almeida)
  74. Sonhos Tropicais (2002) (baseado no romance de Moacyr Scliar)
  75. Tabu (1982) (encontro de Oswald de Andrade e o compositor Lamartine Babo)
  76. Tati (1973) (da obra “Tati, a garota”; de Aníbal Machado)
  77. Tenda dos Milagres (1977) (da obra de Jorge Amado)
  78. Tieta do Agreste (1996) (baseado na obra de Jorge Amado)
  79. Um Certo Capitão Rodrigo (1969) (da obra de Érico Veríssimo)
  80. Um Copo de Cólera (1998) (da obra de Raduan Nassar)
  81. Um Só Coração (2004) (Rede Globo) (homenagem à cidade de São Paulo. Drama envolvendo os modernistas brasileiros)
  82. Vestido de Noiva (2006) (baseado na peça de Nelson Rodrigues)
  83. Viagem aos Seios de Duília (1964) (do conto homônimo de Aníbal Machado)
  84. Vidas Secas (1963) (do livro de Graciliano Ramos)
102 filmes para amantes de literatura brasileira by

André Augusto Gazola é formado em Letras, professor de Literatura e História da Arte, pós-graduando em Metodologia de Ensino de Língua Portuguesa e Literatura e fundador do blog Lendo.org. É casado e mora em Bento Gonçalves-RS.

Deixe seu comentário!

Já ganhou seu livro?

Você já teve dúvidas na hora de escrever? Então essa é uma grande oportunidade de resolvê-las!

Veja o que você vai aprender com o livro Como Escrever com Clareza:

  • Conhecer seu leitor e criar um texto que atenda suas necessidades
  • Escolher as palavras certas para causar o efeito desejado
  • Estruturar seu texto para prender o leitor do início ao fim
Não, obrigado. Nunca cometo erros de escrita.

Cadastre-se e receba em instantes!

Seu e-mail não será divulgado.

Cadastre-se e ganhe um livro grátis!

Receba em seu e-mail o livro Como Escrever com Clareza, de André Gazola, e ainda tenha acesso aos cursos grátis do Lendo.org!

Seu e-mail não será divulgado.