Quer ler Paulo Coelho? À vontade

paulo-coelho

Esses dias, recebi um e-mail do André Santos com uma dúvida que considero bastante pertinente e que pode ser comum a muita gente que passa por aqui ou acompanha algumas discussões sobre literatura:

Eu pretendia comprar o livro O Alquimista, mas já li umas duas vezes você falando mal do coitado. E agora? Compro ou não compro? Não conheço nada da obra dele. Conheço pessoas que o idolatram e outras que acham um lixo.

Minha resposta ao André, foi essa:

Para mim, é dinheiro jogado fora por dois motivos:

1. O livros são um lixo SIM, do ponto de vista literário. A maioria das pessoas que gosta, é do tipo “leitor não conhecedor”. Aqueles que lêem só por ler, mesmo. Nada impede de você gostar, mas não vale a pena. Garanto.

2. É muito fácil baixar os PDF’s pela internet, o próprio Paulo Coelho “estimula a pirataria” dos livros dele.

O que acho que você deve fazer é procurar um PDF do tal livro e ler um pouco no computador mesmo. Aí, se gostar, compre o livro. É um jeito de não perder dinheiro.

Mas acredito que o assunto Paulo Coelho mereça mais algumas explicações.

Paulo Coelho é auto-ajuda barata (que pode sair cara)

Quase sempre o primeiro argumento de quem não gosta de Paulo Coelho é dizer que seus livros são auto-ajuda, e “eu odeio auto-ajuda”. Certo, auto-ajuda foi o gênero que alavancou as vendas do autor nos anos 90. Livros como O dom supremo, Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei e Veronika decide morrer são, realmente, livros para “coitadinhosdepressivosquequeremsematar”. Porém, as obras mais recentes do autor, apesar de conservarem alguns elementos típicos desse gênero, possuem uma característica bem mais forte quando o assunto é atrair leitores.

Narrar x Escrever

Paulo Coelho

Esse é o ponto. Paulo Coelho é um narrador que está entre os melhores do mundo. Ele sabe muito bem que seus leitores não estão interessados em grandes obras literárias, mas sim em mensagens positivas que tornem suas vidas… hum, mais agradáveis.

Questões esotéricas? Nada. A maioria dos leitores do Coelho nem sabe o significado de esoterismo, eles são fisgados por sua capacidade de contar histórias.

Uma comparação irresistível: alguém aí considera a Bíblia uma grande produção literária? Espero que não. Mas a narrativa ficcional é muito envolvente.

Paulo Coelho escreve mal? Os livros de Paulo Coelho são sempre iguais? Já vamos falar sobre isso, mas antes uma citação muito oportuna do Ziraldo:

Pode-se fazer um grande romance escrevendo feio. Paulo Coelho escreve mal feito poucos, mas é um narrador extraordinário.

Paulo Coelho escreve mal

Eu já ouvi muita, mas muita gente MESMO, falando mal de Paulo Coelho sem sequer ter lido um parágrafo seu e sem ser capaz de explicar o porquê de sua opinião, dando exemplos práticos.

Nessa página do Portal das Letras, o professor J. Milton Gonçalves fez uma compilação de várias pérolas encontradas no livro O Alquimista, um dos mais vendidos do autor. Vou reproduzir algumas delas aqui, só para você ver o que lhe espera ao ler Paulo Coelho.

dois dias atrás você disse que eu nunca tive sonhos de viajar. (Pág. 86)

A impressão que fica é que PC adora brincar de escrever português. Qualquer pessoa com dois dedinhos de leitura descontraída sabe que e atrás não combinam.

“Há dois dias atrás” é expressão redundante, pois a idéia de passado já está contida no verbo haver, sendo desnecessário o uso do advérbio atrás. O caso se repete também ocorre nas páginas 103, 133, 161, 210, 242…

E quero que saiba que vou voltar. Eu te amo porque… (Pág. 189)

Fazer alquimia com as pessoas de tratamento, parece ser a diversão preferida de Paulo Coelho. O próximo exemplo é ainda mais dramático:

– Eu te amo porque tive um sonho… Eu te amo porque todo o Universo conspirou para que eu chegasse até você.” (Pág. 190)

Sei que é covardia comparar PC com um dos clássicos de nossa literatura. Mas confesso que não resisti à tentação. Compare este trecho de Machado de Assis, extraído de Dom Casmurro:

Aqui tendes a partitura, escutai-a, emendai-a, fazei-a executar, e se a achardes digna das alturas, admiti-me com ela a vossos pés…

Que tal? O estranho é que tem gente que não percebe as diferenças. Mais algumas:

O pastor contou dos campos de Andaluzia, das últimas novidades que viu nas cidades onde visitara. (Pág.24)

A gente sempre acaba fazendo amigos novos, e não precisa ficar com eles dia após dia. (Pág. 40)

O alquimista enfiou a mão dentro do buraco , e depois enfiou o braço até o ombro. (Pág. 184)

Últimas novidadesfazer amigos novosenfiar dentro… Por que será que os alquimistas gostam de fazer isso com a gente? Por quê?!

Se a gente não for como elas esperam ficar, chateadas. (Pág. 40)

Tarefa ingrata é tentar descobrir o sentido dessa frase. Cabeça de mago e bumbum de criança sempre têm coisas estranhas, muito estranhas…

Certo. Vou parar de torturar vocês. Espero que depois disso, não haja mais dúvidas sobre o talento literário de Paulo Coelho. Mas tem mais uma coisinha que eu falei pro André.

Download grátis dos livros de Paulo Coelho

É isso mesmo. Por mais que você leia críticas, explicações e motivos para dizer que Paulo Coelho escreve mal, acredito que sua opinião é a mais importante. Quem deve gostar de um livro é você. Quem deve gostar de qualquer coisa é você, independente do que pensem os outros.

É por isso que eu disse ao André para baixar o PDF do livro. Aproveite que o próprio Paulo Coelho estimula a pirataria de suas obras e faça o download de (quase) todos os livros de Paulo Coelho, leia — assumindo todos os riscos que já falei — e volte aqui para contar o que achou.

À vontade:

Quer ler Paulo Coelho? À vontade by

André Augusto Gazola é formado em Letras, professor de Literatura e História da Arte, pós-graduando em Metodologia de Ensino de Língua Portuguesa e Literatura e fundador do blog Lendo.org. É casado e mora em Bento Gonçalves-RS.

Deixe seu comentário!

Já ganhou seu livro?

Você já teve dúvidas na hora de escrever? Então essa é uma grande oportunidade de resolvê-las!

Veja o que você vai aprender com o livro Como Escrever com Clareza:

  • Conhecer seu leitor e criar um texto que atenda suas necessidades
  • Escolher as palavras certas para causar o efeito desejado
  • Estruturar seu texto para prender o leitor do início ao fim
Não, obrigado. Nunca cometo erros de escrita.

Cadastre-se e receba em instantes!

Seu e-mail não será divulgado.

Cadastre-se e ganhe um livro grátis!

Receba em seu e-mail o livro Como Escrever com Clareza, de André Gazola, e ainda tenha acesso aos cursos grátis do Lendo.org!

Seu e-mail não será divulgado.